Moda Masculina

A moda masculina tem conquistado cada vez mais homens ao longo dos anos, mas ainda há certo preconceito com o tema. O bom é que muitos estão deixando essas bobeiras de lado e buscando novidades e dicas para se vestir melhor. Aposto que você é um deles!

Por isso, em minha primeira matéria de moda masculina no Deles, reuni dicas básicas que facilitam o dia-a-dia de qualquer homem. Então, se quer saber como sair por aí com um visual super bacana, confira estas dicas!

O universo masculino é cheio de preconceitos, mas isso caiu muito nos últimos anos e a moda teve muitos avanços. Agora, muitos homens buscam novidades para se vestir e criar seu visual. Por isso, criamos a lista com 10 dicas de moda masculina que todo homem deveria saber.

São 10 dicas bem básicas que nunca saem de moda e que você precisa estar ciente. Apesar disso, nunca te falaram todas essas coisas de forma tão direta. Então, anota aí!

Moda é moda. Orientação sexual, é orientação sexual
Há tempos caiu por terra a ideia de que somente os homossexuais se cuidam ou que se vestem bem. Então se você pensa assim, está na hora de rever os seus conceitos.
Se cuidar e sentir-se bonito não define a orientação sexual e está super em alta. Os salões e clínicas estéticas recebem cada vez mais homens e há quem já esteja lado a lado com as mulheres no quesito “guarda roupa lotado”. A moda existe para que você se expresse através do que você veste, então use-a! Ah, e eu garanto que mulherada adora um cara estiloso.

O básico sempre está na moda

Na tentativa de inovar e trazer sempre pulseiras de couro interessantes para o visual, muitos homens tentam fazer combinações que não combinam muito bem e acabam formando um visual poluído. Por isso, essa é uma das dicas de moda masculina mais importantes. Quando não souber muito o que fazer, foque no básico que não tem chances de errar e sempre estará na moda.

Moda masculina é feita no detalhe
A moda feminina é cheia de tendências, inspirações e grandes inovações. Enquanto isso, a moda masculina vem aos poucos, caminhando nos detalhes. As grandes dicas de moda masculina quase sempre estão nos detalhes, como uma manga dobrada, uma gola diferente, um detalhe no sapato etc.

Moda básica com mais cor
Que o básico nunca sai da moda, ok! Mas nem por isso você precisa vestir apenas azul ou preto. Dê uma chance para outras cores. Muitos homens se surpreendem ao experimentar uma camisa com nuances puxadas para o rosa, vermelho ou até mesmo lilás. Seja no universo corporativo ou no casual, essas cores são muito bem vistas.
Em sua próxima compra, não deixe de experimentar uma camisa diferente . Se ainda não estiver convencido a ponto de comprar, tire uma selfie no espelho e se observe ao longo dos dias. Certamente isso ajudará você a se ver em outros tons e achará qual te valoriza. E lembrem-se, mulheres gostam e admiram homens com atitudes!

Se cuidar não define orientação sexual
Recebemos centenas de comentários preconceituosos sobre moda e cuidados pessoais. Existe uma ideia de que gostar de se vestir bem, cuidar da aparência e sentir-se bonito definem a orientação sexual. Isso não tem nada a ver. Moda é moda. Sexo é sexo. Todo homem precisa aprender isso de uma vez por todas.

As meias coloridas são muito elegantes

Chega de meias brancas e pretas, né? Como disse antes, as principais dicas de moda masculina estão nos detalhes. As meias coloridas são alguns destes detalhes. Você pode combinar a cor da meia com outros detalhes de seu visual e criar uma combinação incrível que será uma grande diferença em seu visual.

Escolha o tamanho certo
Nem muito grande, nem muito apertado. Essa é uma daquelas dicas de moda masculina que não precisariam ser ensinadas, assim como a 3, mas é preciso estar aqui. Roupas muito largas ou muito justas não são legais em nenhum homem, seja gordo, magro ou sarado. Busque o tamanho certo pra que o visual fique muito melhor.

Acessórios também são para homens
Entre todos os preconceitos da moda masculina, um dos mais fortes é de que os acessórios não são coisas de homens, apenas de mulheres. Nada disso! Eles são extremamente importantes para compor seu visual. Não à toa, as pulseiras de couro, colares, cintos e chapéus estão cada vez mais em alta. Uma das dicas de moda masculina que todo homem deve saber é Invista nos acessórios para ganhar mais estilo.

Detalhes
Nota-se que um homem está antenado na moda através de pequenos detalhes, como uma dobra na manga, uma camisa com gola diferente, uma gravata descolada, um jeans destroyed ou de uma lavagem mais moderna e até mesmo um detalhe no sapato . Por isso, capriche nos detalhes, eles farão toda a diferença no seu visual.

Meias
Quem nunca se deparou com algum homem com terno preto e meias brancas? Michael Jackson que o diga. O que talvez você não saiba é que as meias podem ser coloridas e quando combinadas com outro detalhe do look, criam um visual incrível.

Tênis de corrida é para correr

Tá! Essa aqui não é apenas uma das dicas de moda masculina. Essa é uma dica pra todos. Os tênis de corrida são apenas para corrida. Eles não ficam legais na maior parte dos visuais. Tenha um tênis melhor, uma bota masculina e outros calçados que fujam do já batido tênis de corrida.

Sapatos funcionam bem com roupas casuais
Maior parte dos homens acreditam que os sapatos são feitos para usar apenas com roupas sociais, no máximo em um esporte fino, mas você pode combinar diferentes tipos de sapatos com roupas casuais para criar um estilo muito mais interessante e ainda foge dos tênis de corrida que já falamos no item anterior.

Chapéu poder ser mais interessante que boné
Quase todos os homens jovens adoram um boné e não tiram da sua cabeça. É verdade que cria um estilo bem jovem e descontraído para a maioria, mas um chapéu pode ser muito mais legal. Se todos estão usando um boné, usar um chapéu é uma daquelas dicas de moda masculina que podem deixar o seu visual muito mais interessante e diferente da maioria.

Cores e estampas sempre caem bem
A primeira das 10 dicas de moda masculina que demos aqui é “o básico sempre está na moda”. Isso não significa que você não pode investir em outras ideias. As cores e estampas sempre são interessantes na moda masculina. Você pode usá-las muito bem e com resultados bem legais no visual. Basta usar um pouco de bom senso…

Tamanho certo
Outra coisa que facilmente vemos por aí, são homens vestindo roupas largas ou grandes demais. A dica é: nem muito grande, nem muito apertado! Busque o tamanho certo para que o seu visual fique melhor. Isso certamente te valorizará, mesmo se estiver com quilinhos a mais ou a menos.

Tênis
De modo geral, os homens dão muito mais valor ao conforto do que mulheres. Isso não significa que você sempre precisa sair com o tênis de corrida ou da academia, né?

A Origem do Panetone

O panetones lucrativos é um alimento tradicional da época de Natal, de origem milanesa, do norte da Itália. Várias lendas tentam explicar a sua origem. O pão doce de natal possui fragrância discreta de baunilha e recheio de frutas secas, tais como damasco, laranja, limão, figo, maçã, cidra e a uva passa.

Apesar de geralmente ser associado à cultura milanesa, tendo a forma alta e mais fina, há também o panetone piemontês, diferente apenas por ser mais largo e redondo.

De tão tradicional no Brasil, o panetone parece ter sido inventado aqui mesmo. Mas não foi. O pão amplamente consumido no Natal foi criado em Milão, na Itália, graças ao “erro” de um padeiro. A lenda em torno de sua criação.

Tradicional iguaria consumida na época do Natal, o panetone é um pão doce, recheado de frutas secas (uvas passas e frutas cristalizadas). Tem fragrância de baunilha. Sua consistência macia é resultado de um processo de fermentação natural.

A origem do panetone é um mistério. Existem várias lendas sobre sua origem, com uma descrição em comum: o Panetone tem origem em Milão, na Itália.

Segundo uma das lendas, o panetone foi criado por um padeiro chamado Toni, que trabalhava na padaria Della Grazia, em Milão, na época de Ludovico, o Mouro (1452 – 1508). O jovem padeiro, apaixonado pela filha do patrão, teria inventado o pão doce para impressionar o pai de sua amada. Os fregueses passaram a pedir o “Pani de Toni”, que evoluiu para o “panattón” (vocábulo milanês), e depois para “panettone” (italiano).

Segundo outra lenda, o panetone foi inventado na corte de Ludovico, o Mouro, na véspera do Natal, entre os anos de 1494-1500. Conta a lenda que o Natal era uma grande festa celebrada com grandes banquetes. Em um dos Natais, a sobremesa que havia sido preparada queimou ao ser assada. Um dos empregados da cozinha, chamado Antonio, havia preparado uma massa com sobras de ingredientes, que pretendia levar para sua casa. Sem outra opção, ofereceu sua massa para servir como sobremesa para a corte. De acordo com a lenda, a sobremesa foi tão apreciada que Ludovico perguntou qual o nome da iguaria. O jovem Antonio, chamado para responder a pergunta de Ludovico, disse que a sobremesa não tinha nome. Ludovico resolveu chamá-la de “Pani de Toni”, dando origem ao nome.

Outra lenda diz que o panetone foi inventado no século III d. C. Á princípio, segundo essa versão, teria a forma de um pão grande.

Atualmente, o panetone é comercializado em unidades, geralmente de 500 gramas. Nas últimas écadas, surgiram inúmeras variedades de recheios de panetone (Chocotone, Colomba Pascoal, Sorvetone, etc.).

São Paulo – De tão tradicional no Brasil, o panetone parece ter sido inventado aqui mesmo. Mas não foi. O pão amplamente consumido no Natal foi criado em Milão, na Itália, graças ao “erro” de um padeiro.

A lenda em torno de sua criação remonta ao ano de 900 e diz que o humilde assistente de padeiro Toni, após ter trabalhado horas a fio na véspera de Natal, precisava ainda assar mais uma fornada de pães e preparar uma torta para seu chefe.

De tão exausto que estava, confundiu-se e colocou as uvas passas da torta na massa de pão.

Desesperado, tentou salvar a situação jogando frutas cristalizadas, manteiga, ovos e os demais ingredientes do recheio que seriam usados originalmente na torta. Toni assou a mistura e entregou para o patrão.

O que o assistente não esperava era que sua criação fizesse sucesso durante a ceia de Natal de seu chefe, que, além de elogiá-lo, decidiu homenageá-lo e dar o nome à massa de “pane di Toni” (“Pão do Toni”, na tradução do italiano). Com o passar do tempo, o bolo começou a ser chamado de panetone.

Como toda boa lenda, a origem do panetone possui várias versões, mas todas elas têm Toni como denominador comum. A chegada dos imigrantes italianos no Brasil após a II Guerra Mundial trouxe o panetone para o país. A Bauducco diz que o fundador na empresa, o italiano Carlo Bauducco, começou a vender o produto aqui a partir de 1948.

A confecção do panetone clássico na Itália é tão levada a sério que em 2005 passaram a ser especificados por lei os ingredientes e os percentuais mínimos que devem ser utilizados para que o bolo possa ser classificado como panetone. Em entrevista à ANSA, a Bauli, umas das mais tradicionais empresas no ramo de panetones na Itália, explicou que o decreto determina que sejam utilizados “farinha, sal, açúcar, ovos, nata e frutas cristalizadas, cuja quantidade não pode ser inferior a 20%”. Sem frutas – Na Itália, além do panetone, o pandoro também disputa a preferência no paladar italiano durante o Natal. Essa variação, criada em Verona, é similar ao panetone, mas não leva frutas.

No entanto, apesar de serem ambos tradicionais, o panetone acaba sendo o mais procurado. “O panetone é certamente o mais popular”, afirma o confeiteiro Carlo Pozza, da padaria Da Venicio, em Vicenza, na Itália. As “invencionices” brasileiras, como panetones de doce de leite, que fogem do tradicional, também podem ser encontrados na Itália. “Nos últimos tempos, os confeiteiros começaram a oferecer panetones com ingredientes diferentes, como pistache, fruta fresca, limoncello (espécie de licor de limão), chocolate, cerveja ou vinho doce”, disse à ANSA o especialista Davide Polini.

“Esses panetones servem para estimular as vendas, levando a clientela a provar gostos diferentes”, afirmou o mestre confeiteiro Murizio Busi, da Pasticceria Paola, em Ferrara, na Itália. “Mas, em minha opinião, os tradicionais são sempre melhores”, afirmou o mestre, que também faz parte da Accademia Maestri Pasticceri Italiani, associação que reúne importantes expoentes da confeitaria do país. Nos últimos anos, também foram introduzidos no mercado italiano os panetones salgados.

É possível encontrar versões com alcaçuz e açafrão, tartufo, gorgonzola e até mesmo o “panetone pizza”. Lançado em Nápoles, leva ricota doce, flocos de frutas e de chocolate cristalizados colocados sobre a massa tradicional de pizza. O bolo milanês inspirou até mesmo o “Cocktail Panettone”, bebida para os brindes de fim de ano. Industrial x Artesanal – No Brasil, já se pode encontrar há algum tempo panetones artesanais. Algumas padarias, por exemplo, tiram de seus próprios fornos sua produção dos bolos natalinos.

Na Itália, apesar de serem um pouco mais difundidos e apreciados, são os industriais que ganham na preferência dos consumidores. “Em 2008, foram vendidos na Itália 100 milhões de panetones, mas somente 20% eram artesanais”, explica o confeiteiro Iginio Massari, da Pasticceria Veneto, em Bréscia, no norte da Itália.

Por outro lado, o confeiteiro Maurizio Busi acredita que a matéria-prima dos panetones artesanais é melhor. “O frescor, a riqueza dos ingredientes, a personalização e a busca pelos melhores ingredientes, além das habilidades do confeiteiro, fazem toda a diferença”, acredita. O panetone é tão amado na Itália que foi criado o projeto “Panettone tuttol’anno” (“Panetone o ano todo”). Idealizado pelo “gastronauta” Davide Polini, propõe que o panetone seja vendido constantemente.

“Por que só no Natal? O panetone pode ser consumido em todas as estações. Acho um absurdo que se deva comê-lo somente nesta época do ano”, disse. Polini já comeu panetone inclusive no verão, “na praia, embaixo de um guarda-sol, acompanhado de sorvete”. E aqui, será que a moda pega?

1 kg de farinha de trigo peneirada
3 ovos (grandes)
1 copo (americano) de açúcar
1 pitada de sal
2 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
250 ml de leite morno
50 g de fermento biológico
300 g de frutas cristalizadas (ou cubos de chocolate)
250 g de uva passa (de preferência sem sementes)
20 ml de essência de panetone (opcional)
raspas de 1 limão

Veja também: panetones lucrativos

O longo caminho de Três Grandes
Pães medievais até o Panetone
“Panetone” vem de Pão de Toni?? De acordo com esta entrada terminológica, Toni, um humilde ajudante de cozinha de Ludovico o Mouro, seria o inventor de um dos doces mais característicos da tradição italiana. Eis a história: na véspera de Natal, o cozinheiro-chefe de Sforza queimou o doce preparado para o banquete ducal. Toni, então, decide sacrificar o pão de levedura-mãe que tinha reservado para o seu Natal. Ele o prepara bastante com farinha, ovos, açúcar, uvas passas e frutas cristalizadas, até obter uma massa macia e muito levedada. O resultado é um sucesso estrondoso, que Ludovico o Mouro chama de Pão de Toni, em homenagem ao criador.

A primazia de Toni não é assim tão pacífica O empreendedor ajudante de cozinha disputa com outros criadores da confeitaria, entre os quais se destacam Ughetto degli Atellani e a Irmã Ughetta. No entanto, o lugar da disputa não é na história e sim no imaginário colectivo: a história de Toni e as outras são lendas criadas entre o fim do século XIX e início do XX para ilustrar ainda mais o que já era orgulho da gastronomia de Milão. Ughetto e Ughetta, entre outras coisas, são nomes ligados à palavra milanesa para uva passa: ughett.

A verdadeira origem do panetone deve ser procurada no costume difundido na época medieval de celebrar o Natal com um pão mais saboroso que o de todos os dias. Um manuscrito tardio do século XV de Giorgio Valagussa, preceptor da casa Sforza, atesta o costume ducal de celebrar o chamado rito do tronco. Na noite de 24 de dezembro colocava-se um grosso tronco de madeira no caminho e, enquanto isso, eram levados à mesa três grandes pães de trigo, matéria prima de grande valor na época. O chefe de família servia uma fatia para todos os comensais, reservando uma para o ano seguinte, como símbolo de continuidade.

Outra realidade histórica sugere a origem do panetone de um grande pão de trigo do Natal: até 1395 todos os fornos de Milão (exceto o pertencente aos Rosti, fornecedor das pessoas com maior poder aquisitivo) tinham permissão de cozinhar pão de trigo apenas no Natal, Como homenagem aos seus clientes habituais. O costume de comer pão de trigo no Natal, no entanto, é muito antiga. Não é de admirar-se, porque muitas outras cidades italianas e europeias compartilham o costume de pão enriquecido na época de festas. No entanto, apenas em Milão se tornou panetone.

Desta longa evolução, algumas fases estão documentadas. Em 1606, de acordo com o primeiro dicionário milanês-italiano (Varon milanes), o Panaton de Danedaa era um Pão Grande, que é feito geralmente no dia de Natal, como Metáfora um inepto [sic], preguiçoso, recente. Francesco Cherubini nos dá uma descrição mais rica no seu célebre Vocabulário milanês-italiano em cinco volumes (publicado entre 1839 e 1856; o terceiro volume M-Q é de 1841). O Panattón ou Panatton de Natal como uma Spe[cie] de pão de trigo decorado com manteiga, ovos, açúcar e uvas passas (ughett) ou sultana, com a adição de amêndoas na massa quando cozida e que resulta com muitas pontas. Grande e de uma ou mais libras, costumamos fazê-lo apenas no Natal, de massa igual ou similar mas em panellini. É feito todos os anos nas festas e é chamado Panattonin – Na zona rural, por outro lado, o Panatton costuma ser de farinha de grão turco e enriquecido com pedaços de maçãs e sementes de uva.

A primeira fonte a falar de levedado, no entanto, é de 1853: o Novo cozinheiro milanês económico, livro de receitas de Giovanni Felice Luraschi. As frutas cristalizadas (de cidra) aparecem no Tratato de cozinha, confeitaria moderna (1854) de Giovanni Vialardi, cozinheiro dos governantes sabaudi. A presença do panetone em um livro piemontês do século XIX prova a antiguidade da difusão deste doce na região escolhida pela Flamigni como sede das suas instalações de produção.

Curso PHP do Zero ao Profissional

Quer saber o que vai encontrar no Curso PHP do Zero ao Profissional? Se sim, você está no lugar certo! Eu estava já há algum tempo procurando um bom curso que me ensinasse a programar em PHP. fique comigo até o final para saber TUDO a respeito:

Se você chegou até aqui, é porque você está procurando uma maneira simples, rápida e acessível de aprender programação para web. Seja para desenvolver um projeto pessoal, começar uma startup, conseguir um emprego ou para aprender uma nova linguagem.

Fique tranquilo pois existe um método que está ajudando centenas de pessoas que não sabiam absolutamente NADA de programação, a se tornarem verdadeiros especialistas a partir do absoluto zero. Graças ao curso PHP do Zero ao Profissional, essas pessoas estão conseguindo dar a volta por cima e vencer a crise através das oportunidades que começaram a aparecer.

O treinamento PHP do Zero ao Profissional, é um curso feito com muita dedicação pelo grande Bonieky Lacerda. Ele atua como desenvolvedor web sênior a mais de 10 anos. E é especialista em PHP, Javascript, HTML 5 / CSS 3 e Objective C. E depois de criar mais de 150 projetos no mundo inteiro, resolveu compartilhar todo o seu conhecimento neste curso.

O que o PHP do zero ao Profissional ensina?

Você vai aprender tudo na prática, através de exemplos reais. O Bonieky cria junto com você um sistema completo, passo-a-passo. Na verdade mais de um. Nesse curso você vai aprender recriando alguns dos sistemas que mudaram o mundo como Facebook e Twitter. Sim, no curso PHP do Zero ao profissional você aprende a fazer a sua própria rede social como um dos exercícios.

Para comprar agora mesmo clique aqui.

O que é o curso PHP do Zero ao Profissional?

Php do zero ao profissional

É um curso em vídeo, criado por um dos maiores especialistas em PHP no brasil, o Bonieky Lacerda, nele ele te ensina como dominar a linguagem, passo a passo, de forma totalmente prática. O curso é 100% online, por isso você pode fazer de onde quiser e quando quiser, mesmo que só tenha 20min naquele dia.

E se você tiver alguma dúvida é só acessar a Área exclusiva para tirar dúvidas. Além disso cada aula tem seu próprio espaço para dúvidas, e elas serão respondidas o mais rápido possível.

Você não faz ideia de como é fácil aprender através das aulas e dicas desse curso.

Resumindo: Este é o curso que você estava esperando. Que vai fazer você se tornar um verdadeiro especialista, não importando se você já tem conhecimento em outra linguagem de programação, ou se é um verdadeiro iniciante.
Após as primeiras aulas você já conseguirá fazer seus primeiros programas e com o tempo será capaz de criar sistemas tão complexos como o Facebook, Twitter ou seu próprio CMS como o WordPress.

Acesse o Site Oficial Para Informações Completas:

Nada de ter que pagar cursos presenciais caros com apenas uma aula por semana e alunos que te puxam para baixo. Com o Curso PHP do Zero ao Profissional você que decidirá o ritmo dos seus estudos.

O Método PHP do ZERO ao Profissional, funciona?

Eu sei que é normal ter dúvidas a respeito do que você já leu até aqui, afinal parece ser “bom de mais para ser verdade” e por isto a reação de questionar se o método funciona ou não é legítima. Para tirar esta dúvida nada melhor do que ver os testemunhos de alguns alunos do Curso PHP do Zero ao Profissional, veja quais dúvidas eles tinham antes de adquirir:

Quanto tempo eu terei para assistir as aulas?

Cada pessoa tem um tempo disponível para se dedicar aos estudos do PHP. Alguns podem disponibilizar várias horas por dia e outros apenas os poucos minutos do intervalo de almoço do trabalho.

Esse curso foi feito pensando na melhor maneira possível de potencializar o seu aprendizado, mesmo que você tenha pouco tempo livre. Por isso o seu acesso é vitalício. Isso mesmo, você não precisa se preocupar pois não terá um prazo para assistir as aulas. Uma vez inscrito você terá o acesso para sempre, incluindo todas as novidades e atualizações futuras.

Recebimento e Garantia

Após a sua compra você receberá imediatamente em seu e-mail os dados de acesso ao curso PHP do Zero ao Profissional, você também vai receber outras informações como o acesso para participar do grupo exclusivo para membros, no facebook, nesta área você vai poder tirar todas suas dúvidas em relação ao uso do método e contar tanto com a ajuda do professor Bonieky Lacerda, quanto dos outros alunos.

Como Comprar PHP do Zero ao Profissional com Segurança
Sua compra é 100% segura, portanto pode ficar tranquilo, todo o processo de compra e entrega do conteúdo é realizado pela plataforma Hotmart, uma das maiores empresas de venda de conteúdo online do Brasil, a Hotmart possui um ambiente de pagamento com certificados de segurança e portanto 100% seguro.

No o curso PHP do Zero ao Profissional Você Vai Aprender Com Os Módulos:

Módulo #1 – Introdução
Aqui você vai descobrir tudo o que você precisa pra começar. Vai aprender como um site é construído, como a linguagem de programação funciona, quais os termos importantes, os principais editores e etc.

Módulo #2 – Configurando servidor
O passo a passo de toda a configuração de um servidor interno e externo. Mas aqui você não irá apenas repetir tudo como um robô, e sim aprender todas as variações e porquês. Você irá preparar seu ambiente para colocar a mão na massa!

Módulo #3 – Lógica de programação
Essa é a fundação do curso, você aprenderá todos os conceitos de programação. No final desse módulo você saberá a forma de pensar para se programar com eficiência. Você verá vários exemplos e técnicas.

Módulo #4 – Básico
Nesta etapa você será introduzido ao mundo do PHP e todas as suas definições. Criação de variáveis, uso de expressões condicionais, variáveis escaláveis e muito mais…

Módulo #5 – Intermediário
Alguns conceitos mais sofisticados da linguagem serão apresentados neste módulo 5. Uso de loops, funções de manipulação, conexão com bancos de dados e gerenciamento de erros.

Módulo #6 – Avançado
As técnicas mais avançadas de programação estão neste capítulo. Orientação a objetos, utilização de bibliotecas GD, abstração de classes, herança e introdução ao MVC.

Módulo #7 – Super Avançado
Aqui separamos os homens e mulheres dos meninos e meninas, estamos falando de arquitetura de software avançada, o “santo graal” do PHP. Aqui o curso se aprofunda no padrão MVC,HMVC, Singleton e outras técnicas como uso de Cache, versionamento e sistemas multitenancy.

Módulo #8 – Aplicações Práticas
Nesse ponto você já poderá juntar tudo que aprendeu até aqui e criar vários tipos de sistema. O Bonieky Lacerda preparou nesse módulo aulas recriando sistemas famosos como Facebook, Twitter, UOL, ContaAzul, sites, micro-frameworks, CMS e ainda tem um bônus secreto.

Módulo #9 – WebServices
Quer fazer Backend para aplicativos de celular? Esse é seu módulo! Você verá o conceito de aplicações de web services. Eles são os responsáveis por intermediar o acesso entre uma plataforma e um servidor e você aprenderá isso fazendo, através de exemplos práticos.

Módulo #10 – Frameworks
Depois que já souber fazer um sistema na unha, você irá aprender as técnicas que irão te fazer economizar tempo e criar projetos rapidamente. Você verá frameworks ná prática, junto com as melhores técnicas para utiliza-los de forma correta.

Módulo #11 – Técnicas De Venda
Todo programador quer ser capaz de vender seu projeto. Por isso o Bonieky resolveu adicionar este módulo ao curso. Aqui você verá as técnicas que ele mesmo utiliza a anos, você verá que vender seu trabalho não é um bicho de 7 cabeças. E talvez você esteja pensando que não gosta de vender, mas posso te garantir que o que você não gosta é de não vender, depois desse módulo me conte qual sua opinião.

Módulo #12 – Produtividade
Quanto maior sua produtividade, maior será o seu destaque no mercado. Mas não é fácil conseguir ser produtivo. Nesse módulo você aprenderá técnicas que irão ajudar você a criar muito mais em menos tempo.

Depois de tudo isso acho que você já está pronto para adquirir o curso PHP do Zero Ao Profissional, mas se restar alguma dúvida ainda, saiba que se por algum motivo você comprar e não gostar, você tem até 30 dias para cancelar sua compra, pedir reembolso e receber 100% do seu dinheiro novamente, o risco é zero.

Curso De Maquiagem Make Total Luciane Ferraes

O Curso De Maquiagem Make Total Luciane Ferraes revela todos os segredos que você precisa descobrir para executar com perfeição qualquer tutorial de maquiagem que esta internet.

Dicas inéditas de maquiagem nunca antes reveladas pelas youtubers, você vai aprender a conhecer cada parte do seu rosto, os seus pontos fortes e também os pontos fracos, tipo de pele, a importância do côncavo e como isso pode influenciar no resultado da sua maquiagem, entre tantas outras técnicas que vão te ajudar a ter resultados profissionais direto da sua casa. Mesmo que você acredite que nunca vai conseguir reproduzir os tutoriais, de uma forma muito didática, a gaúcha Lu Ferraes traz técnicas simples dos profissionais dos salões garantindo assim um aprendizado constante de uma forma muito intuitiva e divertida.

Curso De Maquiagem Make Total Luciane Ferraes

O QUE TEM NO CURSO DE MAQUIAGEM MAKE TOTAL LUCIANE FERRAES?

São 24 vídeos aulas inéditas. O portal de membros totalmente estruturado para que você se sinta a vontade para aprender tudo com Luciane Ferraes. Você pode conferir todo o conteúdo exclusivo do curso de maquiagem make total no link abaixo:

CONTEÚDO DO CURSO DE MAQUIAGEM LUCIANE FERRAES

Apresentação
Montando seu kit (o básico iniciante)
Kit profissional para maquiadores iniciantes
O que vejo no espelho (identificando formato de rosto e traços principais)
Tipos de pele e melhores produtos
Durabilidade da maquiagem
Temperatura e subtons de pele (pele fria e pele quente)
Escolhendo a base
Corretivo sem mistério
Corrigindo olheiras
Contorno , luz e sombra
Onde está meu côncavo?
Aprenda a passar sombra em três passos simples
Esfumado perfeito
Esfumado na linha d’água
Degradê e fusão de cores
Truques para aplicar delineador
Olhos grandes X Olhos pequenos
Olhos fundos X Olhos inchados
Máscara de cílios e olhos de boneca
Guia dos cílios postiços
Dicas para acertar o make na foto
Harmonizando as cores das roupas com a maquiagem
Boca perfeita

FORMATO DO CURSO DE MAQUIAGEM MAKE TOTAL?

O Curso De Maquiagem Make Total Luciane Ferraes é 100% online, você pode assistir e ver quantas vezes quiser. Portal de membros super organizado, após a confirmação do pagamento você recebe todos os dados necessários para o acesso e já pode usufruir dos vídeos imediatamente. Pagamento via boleto demora cerca de 24 a 48 horas para a confirmação, enquanto, pagamento via cartão de crédito o acesso é imediato. O melhor de tudo que você pode parcelar em até 4 vezes o curso de maquiagem make total Luciane Ferraes.

CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DIGITAL

Ao final do curso você receberá um certificado digital assinado pela própria Luciane Ferraes. Vale ressaltar que o curso não é profissionalizante. Mas sim, você estará apta para desenvolver seus projetos de maquiagem de forma eficiente.

PARA QUEM O CURSO DE MAQUIAGEM MAKE TOTAL É INDICADO?

O curso é indicado para iniciantes e pessoas que querem aprofundar mais os seus conhecimentos com a maquiagem. Sem restrição de idade, qualquer pessoa pode fazer o curso da Luciane Ferraes.

Clique Aqui Para Saber Mais Sobre O Curso de Maquiagem Make Total Luciane Ferraes

VALOR DO CURSO DE MAQUIAGEM MAKE TOTAL

O curso custava R$ 99,90, mas está com valor promocional de R$ 67,00, o que é um valor bem acessível e ainda pode ser parcelado em até 4 vezes. Este valor pode ser pago no boleto ou cartão de crédito. Se o pagamento for pelo cartão de crédito, o acesso ao curso é imediato. Já no boleto pode levar entre 24 ou 48 horas para você receber os dados de acesso ao portal de membros do curso.

GARANTIA DO CURSO DA LUCIANE FERRAES

O curso tem garantia de 30 dias para você fazer reembolso caso não goste do curso ou ache que não é para você. O pagamento é feito pelo Hotmart uma das maiores operadoras financeiras do Brasil.

O Hotmart é uma empresa séria e super respeitada. Não existe nenhum perigo no momento da sua transação.

VALE A PENA COMPRAR O CURSO DE MAQUIAGEM MAKE TOTAL?

Tanto vale a pena como é obrigatório para você que adora maquiagem! Como sabem a Luciane Ferraes é maquiadora há 17 anos, repleta de dicas e tutoriais fantásticos para você, preço totalmente acessível e com portal de membros maravilhoso e organizado. Conteúdo do Curso Make Total é totalmente exclusivo perfeito para iniciantes e para quem quer se aprofundar mais no mundo da maquiagem.

Seu cabelo cai muito?

É comum o cabelo cair durante o banho, quando mexemos nele, quando penteamos… Mas o seu cabelo cai muito? Quando a queda de cabelo é um problema de saúde? O que fazer para impedir que os fios caiam antes do tempo? Como manter o volume? O dht queda de cabelo convidou duas dermatologistas para tirar as dúvidas. Participaram do programa a consultora Márcia Careca e a médica Flávia Cabelo.
O cabelo passa por três fases. Primeiro é a fase do crescimento, a anágena, que dura de três a cinco anos. A segunda fase se chama catagena – é quando os fios param de crescer e o normal é durar três semanas. A terceira fase é a telógena, ou a fase de queda dos fios. Repare no seu cabelo quando ele cair. Se o branquinho na ponta do fio cair junto, é sinal de que o ciclo do cabelo não foi completado. Muita gente acha que a pontinha branca é a raiz, mas não é. É a mucina, que prende o cabelo no folículo.
A química pode contribuir para a queda de cabelo. Estica, alisa, puxa, enrola, colore, descolore, volta a colorir… É tanto produto que uma hora o cabelo não aguenta. E aí, a solução é cortar. Antes de bombardear o cabelo com vários procedimentos, é preciso tratar os fios. Também é preciso cuidado na hora de alisar o cabelo e para os retoques é preciso respeitar o limite do alisamento anterior.
Antes da química, o ideal é preparar o cabelo para ela. Uma semana antes, inicie o tratamento com shampoo, condicionador, selante, que tenham queratina, ceramidas, aminoácidos, spirulina, que ajudam na reconstrução dos fios. Use também depois. No salão, procure saber o que profissional está usando no cabelo. (Veja no vídeo mais dicas).
A oleosidade também pode aumentar a queda de cabelo. Isso porque a oleosidade excessiva facilita a proliferação de fungos, causa coceira, descamação do couro cabeludo, o que prejudica os cabelos e faz cair. Mas o tratamento é simples: cabelo bem lavado.
Tratamentos
Antes do tratamento, é preciso descobrir o motivo da queda. Por isso, procure um dermatologista. Um dos tratamentos é uma loção à base de latanoprosta, uma substância usada em colírios para tratar glaucoma. O tratamento faz crescer novos fios, permite que os fios em fase de crescimento continuem crescendo e evita a queda dos cabelos antes do tempo comum.
Outro tratamento é o microagulhamento. São feitos pequenos furinhos no couro cabeludo que provocam um sangramento na dht queda de cabelo. Esse mecanismo libera o plasma rico em plaquetas. Além disso, os furinhos aumentam a vascularização da região. Vascularização e plaquetas geram formação dos fios de cabelo. Já o minoxidil é uma loção capilar que tem ação vasodilatadora. Ele evita que o cabelo caia e pode estimular o crescimento em algumas áreas, como a coroa.

Unhas Decoradas: como fazer passo a passo

As unhas decoradas, ainda estão em alta em 2016(2017) e ganhando cada vez mais adeptas a este estilo aqui no Brasil, sejam elas decoradas com flores, adesivos divertidos ou com fotos favoritas, francesinhas com nova releitura, degrades, praqueles, marmorizados, com pedras, enfim, todas estão na moda.
As unhas dos pés, pelicula de unhas, também ganham decorações, assim como as unhas para noivas que querem casar tendo uma decoração diferenciada nas mãos, no seu grande dia.

No entanto, muitas delas são fáceis de fazer sozinha, onde nem é preciso ir na manicure para fazer a pintura, pois até os adesivos tem como aplicar em casa.

Agora, trago alguns estilos que você mesma pode fazer.

Unhas fáceis de fazer sozinha
Francesinha
Depois de fazer as unhas com a remoção de excesso de cutícula, lixar e passar base, passe em toda a unha, um branco transparente, deixando secar um pouco.

Com um Branco mais forte, como o branco puríssimo, por exemplo, faça uma pequena linha na ponta da unha. Se tiver dificuldade, deixe secar completamente a unha com o branco transparente e depois ponha um pedaço de durex na parte onde não vai ser pintada.

Passe o esmalte na ponta da unha, mesmo que suje o durex e deixe secar. Depois de seca, só retirar o durex com cuidado e passar uma camada fina de base, ou alto brilho por cima da unha toda e está pronto.

Ainda pode fazer a francesinha invertida, onde a linha vai na parte de dentro da unha, pegando a matriz, fazer as pontas em V e em formato de coração, podendo finalizar com um stras ou uma fita prata ou dourada.

Ainda pode se fazer a francesinha com outros tons pastéis, ou até mesmo com tons mais escuro, como por exemplo, a unha preta com a linha branca, o vermelho com linha dourada, ou preta.

Unhas vermelhas com degradês
Com a unha preparada para fazer a pintura, use um pedaço de espuma ou esponja, que tenha um pouco mais o tamanho da unha, fazendo uma linha larga de vermelho mais aberto, uma com um vermelho mais fechado e outro com o preto ou um vermelho mais pro vinho.

Bata a esponja como se tivesse carimbando a unha, sem se preocupar se está borrando, tendo o vermelho mais claro na parte de dentro e o mais escuro para a ponta da unha. Depois de limpar em volta, cole uma pedra de strass, usando uma cola própria, finalizando com alto brilho.

Ainda pode fazer esse degrade somente com vermelho mais fechado e preto. Além de poder usar outras cores, ou cores florescentes, misturando o amarelo com laranja e vermelho ou rosa.

Unhas com adesivo de fotos ou com flores
Escolha o adesivo desejado, prepare a unha e passe uma camada fina de base. Se o adesivo for tampar toda a unha com sua estampa, como a de fotos, antes da base secar, aplique-a na unha, utilizando um palito ou uma espátula para alisar e alinhas corretamente, para que não aja bolhas.

Com uma lixa de unha, passe na ponta da unha, para tirar o excesso do adesivo e passe uma camada de base, ou alto brilho. Caso o adesivo tenha partes transparentes, tendo só um detalhe, escolha um esmalte para fazer o fundo, que combine com o desenho escolhido e deixe dar uma pré-secada.

Aplique o adesivo da mesma forma anterior e finalize com a base ou o alto brilho.
Unhas assimétricas
Com o auxílio de um durex e a unha totalmente pintada e seca com a cor escolhida, marque as linhas, seja em diagonal, horizontal, ou vertical, passando em seguida, a outra cor escolhida nas partes que estão expostas. Espere secar e retire o durex, finalizando com um extra brilho.

Tendências para Noivas
A tendência de unhas decoradas para noivas, está em alta, pelicula de unhas, onde as simples francesinhas são complementadas com decorações a mão de arabescos, pedras, flores e até desenhos de vestido de noiva e terno do noivo.
Ainda tem aquelas que preferem ousar usando adesivos feitos com fotos dos noivos, fitas coloridas, próprias para unhas, bastante stras, gliter dourado, prata, ou coloridos em uma das unhas, ou até mesmo em todas.

Os tons clássicos, que são os pastéis, ainda estão em alta, mas que podem ser usadas para fazer degrade, usando do tom de rosa bebê para o mais escuro, por exemplo, ou até mesmo um rosa claro com dourado e que fica muito bonito.

As unhas tipo veludo, também são uma boa pedida para as noivas que querem inovar, mas deixar com aquele ar clássico.

O estilo rendado, que pode ser com a aplicação de um adesivo, ou por meio de um carimbo próprio, ainda é uma ótima aposta, para quem curte o estilo mais clássico.

Outra opção, é fazer a unha com cor clara, como branco, rosa bebê e desenhas flores com cores mais vivas, como amarelo, vermelho, verde, azul. O contraste de cores, vai trazer harmonia e elegância.

Mas a adeptas ao vermelho e vinho, não precisam ficar tristes, pois se pode usar essas cores no dia que é tão especial. Mas só cuidado para não exagerar, se preferir fazer uma pintura artística, onde as unhas se sobressaiam mais que a própria noiva!

Seja para o dia a dia, para uma ocasião especial, uma festa que foi convidada, ou até mesmo para seu próprio casamento, existem várias formas de conseguir unhas lindas e decoradas, mas lembrando sempre, que para os pés realmente realçarem sem ficarem vulgares, sempre é bom usar tons mais claros, mesmo com alguma decoração, independente das unhas das mãos estarem com tons mais escuros. Por isso, sempre aposte em tons pastéis e nude para os pés.

Curso de maquiagem online By Makeme

Hoje venho falar do último lançamento da Makeme Cosmetics que está arrasando e mal começou. Acabe de ser lançado o Curso de Maquiagem online By Makeme, Com mais de 18 blogueiras e todas juntas vão ensinar passo a passo como você deve se maquiar corretamente, como cuidar da pele, quais produtos você deve usar, que tipos de pincéis usar… Enfim!! Muita coisa acontece nesse curso, e para além disso você ainda pode interegir com sua blogueira preferida, pedir dicas, tirar dúvidas, não é demais???

Você pode acessar o link aqui e ir direto para a página do curso, ou então pode clicar no Play abaixo e assistir o vídeo de introdução do curso, aonde cada blogueira do curso se apresenta e fala melhor sobre o módulo que ela vai apresentar.

O Curso de Maquiagem Makeme Cosmetics é apresentado por mais de 18 Blogueiras, Youtubers e Maquiadoras Profissionais que compartilham dicas, tutoriais e muitos truques e segredos para ajudar as milhares de seguidoras que as acompanham diariamente, onde revelam absolutamente que você precisa descobrir para executar com perfeição maquiagem para qualquer evento.

Com dicas e macetes inéditos e nunca antes revelados por elas, você vai aprender a conhecer cada parte do seu rosto e a dominar todas as técnicas essenciais para produzir uma maquiagem perfeita, tudo de forma simples e descomplicada e acima de tudo você irá se divertir muito.

Curso é 100% online, curso de maquiagem completo com super dicas inéditas da internet. São 18 blogueiras compartilhando com você todos as dicas, truques e segredos da maquiagem.

Conteúdo Curso de Maquiagem Makeme Cosmetics

Diferentes Tipos de Pinceis – Thayany Almeida
Maquiagem para Iniciantes – Mariana Lima
Técnicas Preparação de Pele – Jéssica Freitas
Dicas Preparação de Pele – Marina Coelho
Dicas para Disfarçar Olheiras – Bruna Farias
Maquiagem para Pele Negra – Amanda Carneiro
Maquiagem para o Dia a Dia – Taise Walber
Tudo Sobre Cut Crease – Camila Amaral
Tudo Sobre Esfumado – Priscila Simoes
Olho Tudo Boca Tudo – Amanda Domenico
Maquiagem para Morenas – Suelen Makeup
Como Ter Cílios de Boneca – Victoria Ferreira
Tipos de Delineador e Delineado – Ariane Rodrigues
Esfumado Diagonal / Semi Cut Crease – Bruna Lima
Preenchimento de Sobrancelhas – Mandy Guimarães
Dicas de Batons + Lápis Labial – Jéssica Make
Cuidados Pré e Pós Maquiagem – Aline Niini
Maquiagem Artística – Karen

FORMATO DO CURSO DE MAQUIAGEM MAKEME COSMETICS

O curso maquiagem é 100% online, você pode assistir e ver quantas vezes quiser. Portal de membros super organizado, após a confirmação do pagamento você recebe todos os dados necessários para o acesso e já pode usufruir dos vídeos imediatamente. Pagamento via boleto demora cerca de 24 a 48 horas para a confirmação, enquanto, pagamento via cartão de crédito o acesso é imediato. O melhor de tudo que você pode parcelar em até 12 vezes o curso maquiagem makeme cosmetics.

CERTIFICADO DIGITAL DE CONCLUSÃO INCLUSO

Ao final do Curso De Maquiagem Makeme Cosmetics você receberá um certificado digital de conclusão. Vale ressaltar que o curso não é profissionalizante. Mas sim, você estará apta para desenvolver seus projetos de maquiagem.

PARA QUEM O CURSO DE MAQUIAGEM MAKEME COSMETICS É INDICADO?

O curso é indicado para iniciantes ou pessoas que querem aprofundar mais os seus conhecimentos com o mundo da maquiagem. Sem restrição de idade, qualquer pessoa pode fazer o curso de maquiagem makeme.

Clique AQUI Para Saber Mais Sobre o Curso de Maquiagem Makeme Cosmetic

VALOR DO CURSO DE MAQUIAGEM MAKEME COSMETICS

O curso custa R$ 299,00, o que é um valor bem baixo comparado ao grande número de informações presentes nele e ainda pode ser parcelado em até 12 vezes. Este valor pode ser pago no boleto ou cartão de crédito. Se o pagamento for pelo cartão de crédito, o acesso ao curso é imediato. Já no boleto pode levar entre 24 ou 48 horas para você receber os dados de acesso ao portal de membros do curso de maquiagem.

GARANTIA DO CURSO DE MAQUIAGEM MAKEME COSMETICS

O curso de maquiagem tem garantia de 30 dias para você fazer reembolso caso não goste do curso. O pagamento é feito pelo Hotmart uma das maiores operadoras financeiras do Brasil.

O Hotmart é uma empresa séria e super respeitada. Não existe nenhum perigo no momento da sua transação.

VALE A PENA COMPRAR O CURSO DE MAQUIAGEM BY MAKEME COSMETICS?

Tanto vale a pena como é obrigatório para você que adora maquiagem! O curso tem uma didática muito divertida e fantástica, preço totalmente acessível que pode ser parcelado em até 12 vezes e com portal de membros maravilhoso e organizado. Conteúdo do curso totalmente exclusivo perfeito para iniciantes e para quem quer se aprofundar mais no mundo da maquiagem.

Colorimetria – O Que é, E Como Influencia Em Sua imagem Pessoal?

A análise de cores é considerada uma das etapas mais importantes no desenvolvimento da consultoria de imagem. A cor é um dos elementos de maior impacto nesse delineamento e traz resultados imediatos na imagem do cliente. Quando a gente pensa em imagem, a gente pensa em tudo, é o comportamento da pessoa, o jeito que ela se porta, o jeito que ela fala…a imagem diz muita coisa. Mas a COR, é aquela que de boca fechada faz a gente concluir todo o resto. colorimetria capilar

A partir desse contexto o Personal Stylist vai ajudar você a harmonizar os seus looks, associando as cores à sua imagem planejada. A ideia é a de encontrar o que seria a melhor moldura para aquele rosto, de forma que a cor da roupa não chegue antes da pessoa, mas também não desapareça, criando assim uma harmonia com o rosto da cliente. Esse impacto na imagem da cor é muito grande, mas ele acontece somente perto do rosto, de forma que você poderá usar qualquer outra cor de sua preferência na parte inferior do corpo, ou até mesmo em detalhes como acessórios, bolsas, sapatos.

A graça do teste de coloração pessoal feito por um Personal Stylist na sua Consultoria de Imagem e Estilo é que você vai se harmonizar como um todo, valorizando seu tipo físico e a beleza natural de sua pele. Chega de se sentir insegura na hora de se vestir, na hora de decidir sobre mudanças como corte de cabelo, cor do cabelo, cor da maquiagem, etc…

O teste pode ser feito acompanhado de um visagista , que junto com o Personal Stylist vai avaliar qual a intensidade da pele, se são mais brilhantes ou mais opacas e harmonizando com cores com as mesmas características; avaliar qual a profundidade colorimetria capilarpensando no conjunto de cabelos, olhos e pele e se combinam com um conjunto de cores mais claras ou mais escuras e por fim, avaliar a temperatura, para saber se sua pele combina com cores quentes, que possuem maior pigmentação de amarelos ou com cores frias que apresentam maior pigmentação de azul. Decifrando assim a sua cartela de cores, que você pode levar com você na hora da compra de sua nova roupa ou até mesmo na hora de mudar o tom cabelo e fazer a sua maquiagem.

ALGUNS EXEMPLOS DE COORDENAÇÃO DE CORES QUE PODEM VALORIZAR OS DIFERENTES ESTILOS:

CORES MONOCROMÁTICAS – é uma combinação de cores de uma mesma família no círculo cromático, variando intensidade ou profundidade, são cores de baixo contraste e combinações que transmitem refinamento e alongam a silhueta.

CORES ANÁLOGAS – combinações de cores vizinhas no círculo cromático, possuem pouco contraste entre elas, são menos formais mas também transmitem elegância.

CORES COMPLEMENTARES – são combinações de cores opostas no círculo cromático, criando um alto contraste que transmitem ousadia e criatividade.

As cores, quando usadas estrategicamente, transmitem mensagens de segurança, profissionalismo, tranquilidade, ternura, intensidade, amor… Valorizam a beleza natural da pessoa, suaviza visualmente a textura da pele, deixando quase imperceptíveis manchas, marcas de expressão. Da mesma forma que se usadas sem sincronia com seu sub-tom de pele, têm efeito contrário, marcando sinais de expressão, olheiras e acentuando um aspecto de cansaço.

Enfim, a ideia do teste de coloração pessoal na Consultoria de Imagem e Estilo, não é limitar nem proibir o uso de qualquer cor, mas sim revelar o que fica incrível para você. Quer saber mais sobre consultoria de imagem e coloração pessoal? Venha fazer parte deste time. Inscreva-se no curso de Personal Stylist da Escola de Estilo, AQUI seu mundo muda de cor!!! 😀

Não se esqueça do CCC. Curtiu o texto sobre colorimetria? Comente e compartilhe com quem você sabe que vai amar trazer mais cor a sua vida!

O que é um tênis para corrida responsivo?

O termo responsivo é algo bastante ouvido ultimamente em reviews, avaliações e descrições das próprias marcas para se tratar de tênis para corrida. Mas, afinal, você sabe o que é um tênis responsivo? Por mais que pareça uma palavra descritiva, ele está muito ligado ao desempenho, e é nesse ponto que ele se foca.

Um tênis responsivo abrange, em sua maior parte o mizuno prophecy, a categoria de performance. Ou seja, o tênis mais rápido e que possui menos contato com a superfície. Dessa forma, o tênis vai “bater” no chão e imediatamente terá uma resposta extremamente rápida para o corredor. Diferentemente de um tênis mais macio, esse tênis não aterrissará no chão. Será apenas o contato e a resposta.

Esse é o sinônimo básico para responsivo: a resposta. Uma resposta rápida de contato entre solado do tênis e superfície caracteriza um tênis responsivo. Agora, aquele tênis que aterrissa, o corredor sente a maciez do calçado e então depois a resposta, trata-se de um tênis nada responsivo. Esses modelos são geralmente compostos pelos tênis da categoria amortecimento, que, em sua grande maioria, proporcionam o conforto da pisada e nenhum impacto para o corredor.

A preferência varia segundo os corredores. O tênis de performance e responsivo está muito ligado às corridas rápidas, como de 5 quilômetros, 10 quilômetros ou 15 quilômetros. Ele dá a sensação de o corredor “estar voando”, pois a resposta é bastante rápida. A batida no chão é seca, e isso auxilia para que o corredor tenha uma qualidade e diminua seu tempo.

É possível ser tênis responsivo e macio?

Sim, é possível. Muitas marcas, inclusive, estão adotando esta nova fórmula. De forma a buscar adequar performance à maciez. Muitos modelos têm chegado às lojas abusando das entressolas macias – e por ora robustas – sem descuidar da responsividade do calçado. A performance não diminui, e assim a responsividade segue sendo uma característica, mesmo com o tênis também abrangendo a categoria amortecimento.

Um exemplo de tênis responsivo ideal para performance e bastante macio é o Asics Dynaflyte. O novo modelo da Asics buscou adequar os dois extremos, trazendo a responsividade de um amortecimento de rápida resposta, com a maciez de uma espuma que evitasse impacto no contato entre solado e superfície.

O segredo está totalmente na entressola do calçado. Um exemplo rápido a se pensar quando se abrange tênis nada responsivos são os mizuno prophecy ou a linha Ultra Boost da Adidas. Extremamente confortáveis, estes calçados ainda assim acumulam muito tempo de resposta, já que suas entressolas robustas entram em contato com o chão e demoram a promover a resposta que o corredor rápido exige.

Dessa forma, o calçado, para ser responsivo, precisa abranger a resposta rápida, a batida seca e a maciez quase nula na pisada. É uma característica voltada às corridas rápidas, para os corredores que desejam realmente diminuir o seu tempo e aumentar seu desempenho. Por isso, para concluir, responsividade é o tempo de resposta. Quanto menor o amortecimento, maior a responsividade, devido ao maior tempo de resposta do calçado em contato com o chão.